Atitude & Saúde

Desejar ou querer?

  • por em 16 de dezembro de 2020

Crédito: Pixabay

Essa questão realmente faz a diferença.

O sistema Toyota de produção, famosa STP é hoje em dia um dos sistemas mais utilizados no mundo não somente no setor industrial, mas em todo seguimento que busca atingir resultados de forma planejada, bem executada e extremamente bem controlada.

Portanto, a grande diferença entre o desejo de atingir resultados e o querer atingir resultados está na sua forma de planejar, definir metas, executar e controlar.

Um projeto que se baseia simplesmente em um desejo, está baseado:

  1. No sonho de alcançar algo muitas vezes miraculosos;
  2. Na não definição de metas;
  3. Na execução por conta própria;
  4. Na não mensuração para não desmotivar se não atingir o resultado esperado;

Por outro lado, um projeto definido pelo querer pessoal passa pelos seguintes pilares:

  • Busca de um profissional com capacitação para realização de um bom planejamento;
  • Planejamento baseado em histórico de outras tentativas;
    • Situação atual com realização de avaliações com métodos científicos;
    • análise de causa e efeito dos motivos que impossibilitam o alcance das metas (causas raízes);
  • Definição de metas de acordo com as fases 1 e 2 do planejamento;
  • Fase de experimento, muito bem controlada para ajustes nos métodos e processos que vão definir o alcance dos resultados;
  • Definição de métricas e indicadores para acompanhamento constante dos resultados, com prazos e responsabilidades definidas, além dos períodos de ajustes para reformulação e ajuste das metas;

Portanto, vamos nos inspirar na filosofia japonesa, não precisa inventar, precisamos estar sempre melhorando tudo que o pudermos evoluir com a nossa experiência profissional.

Assim, todo projeto deverá ter um tempo para a fase de planejamento suficiente para evitarmos a pressa e afobação de iniciar um processo baseado em sonhos.

Alimente a sua determinação para atingir resultados fantásticos.

QUERER É PODER!

Jurandy Gama Filho – Prof. EEFFTO/UFMG – Gestor na CSA Sport Ltda

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.