Atitude & Saúde

Gestão da carreira durante a quarentena

Fonte: Pixabay

Home Office e a condução da carreira

A forma como conduzimos nossa carreira não deve ser alterada, e precisa ser construída de acordo com nossos objetivos. No entanto, certas adaptações deverão ser necessárias para o alcance do que almejamos. Nem tudo está sob o nosso controle, por isso precisamos nos atentar ao momento atual: compreender nossas capacidades e expectativas, e projetá-las numa visão e perspectiva de futuro – mantendo o foco também no presente.

Entrega de resultados

O início abrupto do trabalho remoto durante a quarentena causa uma imensa alteração na vida cotidiana. Precisamos nos adaptar rapidamente a essa nova fase, procurando manter uma rotina que se assemelhe ao máximo com o trabalho presencial.

As empresas também devem promover o diálogo entre os funcionários e proporcionar a coletividade. O gerenciamento da jornada de trabalho e as metas devem ser combinadas junto à toda equipe, de forma empática e equilibrada, não trazendo sobrecarga ou esgotamento mental a ninguém.

Ao término da semana, avalie as entregas com seu gestor ou seus pares. Mantenha a equipe informada e compartilhe as experiências positivas e os problemas que tiveram de ser superados nesse período.

Comunique-se, exponha suas dúvidas, explore boas práticas, compartilhe suas experiências com outros colegas e proponha ajustes ao seu gestor.

O engajamento é beneficiado quando as pessoas se sentem reconhecidas e percebem a sua importância na construção de um objetivo, e nele se identificam e acreditam.

Gestão do tempo

Há uma carga de emoções que vão se alterando: desconforto, ansiedade, medo, tédio, tristeza. Cada um reage de formas diferentes à um mesmo tipo de situação, e cada indivíduo tem seu próprio tempo de adaptação.

O grande segredo é manter a gestão do tempo diante de uma situação incomum da sua rotina. Se manter produtivo ao mesmo tempo que cuida de você, é o segredo para bons resultados. E quando o planejamento é bem executado, mais produtivo você se torna.

Essa adaptação também deverá se estender para o mundo tecnológico, pois passados alguns dias de quarentena, percebemos que ainda não temos infraestrutura suficiente para lidarmos com essa nova situação. Um grande exemplo é o travamento constante da internet e a lentidão no carregamento e processamento das informações, devido ao excesso de acessos simultâneos.

Desta forma, não perca o foco, mantenha-se firme por mais obstáculos que enfrente!

Maria Luiza Albuquerque Corrêa – Psicóloga, Mestre em Educação

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.